Pessoas que inspiram a minha vida

Existem pessoas com quem, por algum motivo, a gente se identifica. Pessoas que irradiam luz própria, que falam coisas que a gente queria ter falado. Que, por pura convivência, nos fazem mais criativas e espontâneas junto com elas. Sua influência nos abre a cabeça para mil possibilidades, elas no fazem pensar por outros ângulos, têm sempre uma piadinha inteligente ou um algo novo e bafônico para nos apresentar. São pessoas inspiradoras…

Eu adoro estar rodeada dessas pessoas que eu admiro e que me tornam uma pessoa melhor e muito mais interessante. Pessoas que me incitam a descobrir partes de mim que eu mesma desconheço, que me provocam reações que nem eu mesma esperava. Acredito muito que podemos nos identificar com cada pessoa de uma forma diferente, criando sempre novas conexões entre assuntos, sensações, gostos pessoais e formas de pensar. Mas nem sempre é possível estar perto dos nossos amigos mais (ins)pirados, e como pra mim referência é tudo, busco esses gurus também aqui na internet.

Muito além de contatos, busco pessoas que tenham algum valor para agregar. Acho legal também ter como base pra vida, por exemplo, pessoas que trabalham em empresas tu admira – ou queria trabalhar. Se essas pessoas não forem muito acessíveis, acompanhar blogs, instagram e outras mídias sociais pode dar pistas para saber o que elas fizeram para atingir o sucesso. Espelhar-se em alguém não é algo ruim e pode ajudar com dificuldades e motivações.

Não é a toa que me intitulo Stalker, mas garanto que sou uma stalker do bem, não sou hacker, nem busco informações proibidas, mas sou ótima em dar um search no Google, encontro qualquer coisa que eu queira, e também sou ótima em descobrir pessoas com quem tenho afinidades e novas mídias sociais.  Dessas pessoas, muitas eu sigos e guardo referências de livros, músicas, looks, beleza, locais, tattoos, frases e tudo mais com que eu possa me identificar. Pra mim, somos formados de pedacinhos das pessoas que nos cercam e da mistura de inspiração alheia que, juntas, nos tornam únicos.

Entre as pessoas que mais admiram na web, criei uma listinha com as top 5 it girls mais inspiradoras pra mim:

CAROL TEIXEIRA

Ela é formada em filosofia, é DJ, é ousada, publicou o primeiro livro aos 23 anos, escreve sobre sexo pra Revista Vip e apresenta suas ideias sempre por um viés filosófico. Foi ela que “me apresentou” parte dos melhores livros que já li e abriu minha cabeça para muitos assuntos polêmicos. Além disso, ela tem um blog chamado A Obscena Senhorita C (o nome é referência ao livro A Obscena Senhora D, da escritora e poeta brasileira Hilda Hilst), onde fala sobre sexo diretamente com as mulheres, de forma livre e sem papas na língua – falo mais sobre ele aqui. Fora que ela é super estilosa, usa cabelo rosa e consegue atingir aquele patamar de pessoa bonita AND sensual AND inteligente AND cool que todo mundo sonha um dia alcançar. Sabe aquela pessoa livre, bem resolvida, a frente do seu tempo? É ela.

MARIMOON

A Marimoon dispensa apresentações, aquela pessoa fofíssima de cabelo colorido que arrasa por onde passa. Comecei curtindo sua coragem para ousar, seus  cabelos coloridos e os espartilhos e coturnos incríveis que ela usava, e depois passei a acompanhar mais de perto seus trabalhos, textos e vídeos. Ela desperta esse meu lado mais lúdico e quase infantil, e refina minhas referências sobre quadrinhos, mangás, música pop e desenhos animados que amo desde que me conheço por gente. Além do mais, ela é uma pessoa super do bem, que tem um alto astral incrível, está sempre ensinando coisas legais em seus canais, desde como editar as fotos, até artes, música, comportamento e assuntos geek.  Ela é super inteligente e tem um estilo girlie/ rocker que eu admiro muito!

CAROL BURGO

É uma blogueira que conheci por acaso e que me encanta com seus textos de autoconhecimento. Sabe aqueles textos que a gente pensa: “nooossa, eu queria ter escrito isso!”? Ela tem um bom gosto incrível, é super artística, desapegada, e ao mesmo tempo cria looks super legais. Com ela aprendi muito sobre moda, combinações inusitadas, proporções e cores e, diante de seus conflitos, também um pouco sobre mulheres e sobre mim mesma. Ela é daquelas bem gente como a gente e também tem uma loja virtual com estampas que ela mesma cria, e com um conceito bem criativo, a Prosa.

JOANNA MOURA

Comecei a acompanhar o blog Um ano sem Zara desde a metade do desafio de 1 ano sem comprar roupas que a Jojô se impôs. Nesse ano, ela conseguiu multiplicar seu armário de todas as maneiras possíveis, usando suas peças das formas mais inusitadas, criando misturas improváveis, novas formas de usar uma peça (tipo, vestido com saia) e recriando looks. Aprendi muuito com suas misturanças, e foi com ela que aprendi a misturar estampas, e ampliar as possibilidades do meu guarda-roupa e por causa dela fiquei longos períodos sem fazer compras, e consegui guardar dinheiro para viagens e para me estabilizar financeiramente, o que pra mim foi muito importante. Depois desse ano de aprendizado, ela já guardou uma grana, ascendeu profissionalmente, casou, foi morar em São Francisco e agora está brilhando em Londres. Hoje ela dá dicas que vão muito além das combinações de roupas. Grande inspiração!

YASMIN BRUNET

Pensei muito em quem eu ia eleger para ocupar este quinto lugar na minha listinha de pessoas inspiradoras. E a Yasmin Brunet foi a escolhida porque ando muito conectada com ela nessa vibe de reflexão sobre o quão louca e extraordinária é a nossa existência, esses questionamentos de quem somos e porque estamos aqui nesse planeta redondo, suspenso no espaço. Ela fala muito sobre os mistérios da vida, e o quanto devemos buscar essa conexão com o mundo e com a natureza, que deixamos de lado no nosso dia a dia. Me identifico com ela nesse sentido de ser muito curiosa, estar sempre pesquisando e querer aprender sempre mais sobre tudo. Além disso, admiro a relação dela com a comida, sempre priorizando a nutrição e os benefícios, o que vem da terra, coisas muito naturais. E também a forma simples e desprendida como se veste, acho que mostra bem sua personalidade simples e desapegada. Ela está sempre provocando reflexões e querendo salvar o mundo. Gosto disso, apesar de nem sempre concordar com tudo o que ela fala.

E isso resume um pouco dos meus interesses e de modelos que levo pra vida.

Beijos,

Lu

 

Anúncios

Semana temática: Misturando estampas look3

Desta vez, um look noturno que usei para jantar com as amigas no Dia da Mulher. Não quis escrever textão sobre a data, porque achei que não teria nada novo para acrescentar. Ainda assim, diante do discurso do presidente Temer e de tantas aberrações que vemos por aí, vemos que a nossa luta não pode parar.

Fico pensando o quanto é difícil para algumas pessoas se libertarem de conceitos tão enraizados em sua educação, e abrirem suas cabeças para novas realidades e uma nova atitude feminina, que tem coragem de se assumir inteligente, amante, linda, batalhadora, sensual, empreendedora e segurar essa posição de cabeça erguida, com convicção de suas escolhas. Eu não quero escolher entre ser bonita e inteligente, não quero ter q abrir mão de certas futilidades e luxos em detrimento de bagagem intelectual. Quero tudo ao mesmo tempo, não é mesmo?

Tem momentos em que me sinto tão livre e dona de mim, e logo ali adiante me deparo com disparidades que me diminuem e julgam constantemente, muitas vezes mesmo sem a gente perceber, seja no dia a dia do trabalho, diante da roupa curta/justa ou de alguma atitude que tomamos. Foi com essa motivação que escrevi esse texto há alguns anos e deixo aqui para quem quiser ler: Por que a mulher tem um dia para comemorar?

Mas voltando ao look, estamos na semana do mix de estampas pós-carnaval, e eu quis caprichar. Comprei essa blusinha com shape super moderno (e perfume anos 90) na praia e já estava louca pra estrear. Foi aí que logo lembrei da minha pantalona de bolinhas, herança da minha mãe, que faria o par perfeito e divertido com ela.

Nesse look eu combinei a peça de poá P/B, que pra mim é quase como se fosse lisa, com a blusa super colorida. A harmonia de cores é o grande segredo do look, já que a estampa maluca da blusa também tem fundo P/B. Geralmente eu penso em uma combinação na minha cabeça, e testo quando chego em casa, isso dificilmente dá errado.

Esse look ficou bem contemporâneo porque reúne elementos fun, que estão super na moda, é divertido e ao mesmo tempo a predominância do preto e o tecido em crepe da calça deram uma carinha mais arrumada, ideal para a noite.

>> Eu amo quadrinhos e sou super fã desse estilo Pop Art do Roy lichtenstein, bem coloridão e cheio de informação. Em sua obra ele procurou valorizar os clichês das histórias em quadrinhos como forma de arte, colocando-se dentro de um movimento que criticava a cultura de massa. Seus quadros, desvinculados do contexto de uma história, aparecem como imagens frias, intelectuais, símbolos ambíguos do mundo moderno. O resultado é a combinação de arte comercial e abstração.

E esse foi o terceiro look da série Misturando Estampas. Amanhã tem mais!

Os HQ invadiram as ruas. Conviva com isso!

Eu adoro histórias em quadrinhos e quando surgiram as estampas inspiradas em HQ quase surtei. Curto muito esses looks meio fantasias, que te levam pra dentro de histórias e conceitos fantásticos.

Personagens como super-heróis e heroínas, balões e splashs invadiram as ruas pra deixar tudo mais divertido, relembrar o bom e velho gibi da infância e dar um ar retrô pro visual. Levando os Geeks (novos nerds, digamos, descolados) a loucura!

1242

Surgiram com uma cara vintage, super coloridas e acompanhadas de símbolos de super heróis, dos mais clássicos aos endereçados a aficionados em HQs. Andy Warhol e Roy Lichtenstein, ícones do Pop Art, também foram convocados para coexistirem em 2013 em estampas incríveis que são pura arte!

images (1)-horz

LichtensteinRoy-In_the_Car-1963crack-roylichtensteinimages (4)

E tem opções pra todos os estilos: das mais ousadas, às mais cutes e básicas. As misturas são as mais variadas, combinando com tênis, salto, couro, jeans e até em conjuntinhos fofos, sempre deixando o look descontraído. 

E essa moda segue com tudo no inverno, estampando moletons e tricots. É muito amor!
Dá uma olhada:

hq1

page3
pagepage4

page6
mltiplas-estampas

page5

Isso me lembrou que, no mês de março, a Revista Vogue Japão publicou o editorial  “Playing With Color”, inspirada no pintor brasileiro Romero Britto. Aquela mistura de cores e traços que a gente tanto conhece, foi parar nas maquiagens e unhas da modelo Maryna Luchuk, em releitura do Pop Art.  As fotos são de  Lacey e ilustrações de Craig e Karl. Lindo, né?

1-horz

5reproducao36

Outros personagens também entraram em cena e ganharam as ruas, vindos de video-games e filmes. Mas isso é assunto pra oooutro post.

E então, gostaram? Quem se anima a entrar na diversão dos quadrinhos?

assinaturas_blog_lu