Como ser fashion no frio?

A massa de ar polar foi certeira em cima de nossas cabeças aqui no Rio Grande do Sul neste fim de semana, e segue trazendo muito frio. Nessas horas, bate um certo pânico, queremos enfiar todas as roupas mais quentinhas do armário pelo pescoço, não dá nem tempo de pensar em looks fashionistas.

Só que a moda oversized e a era da sobreposição estão super favoráveis para este clima, já que botar uma coisa por cima da outra é mesmo muito fashion. Duvida?

Para estar na moda nos dias atuais, basta um casaco bem grandão, fofo, peludo ou com mangas amplas, uma calça surrada e botas. Ou um tênis bem confortável. Peles, casacos esportivos e exageros marcam o streetwear.

Os tricôs grandes e de gola alta complementam o visual e deixam tudo mais quentinho.

Se o frio pegar, usar uma camiseta com mangas compridas e gola rolê por baixo da blusa alongada, ou um tricô largo por cima, complementam o visual lindamente e permitem sair de casa com muito estilo.

Quando for sobrepor, quanto mais aparente, melhor!

E se a calça e as saias são curtas, botas e meias-calças entram em cena para complementar o look (podem ser aquelas térmicas). Se ficarem a mostra, melhor ainda!

As cores estão liberadas, sim!

Brincar com os comprimentos empresta elegância. O casaco do tamanho do vestido ou da calça cropped é boa aposta.

Quando tudo parece muito básico, os acessórios dão o tom. Um óculos de lentes transparentes coloridas, especialmente se forem amarelas, e uma bolsa de uma cor surpreendente mudam a cara do look.

E se nada parece adiantar, enrolar um cachecol no pescoço, ou manta como chamam aqui na minha cidade, salva a vida e deixa o look com muito mais charme.

Anotou? Agora é encarar o frio e sair pra vida!

Quer mais dicas? Segue o meu Instagram: @stalkerdemoda

Anúncios

Maxi jaquetas jeans

Eu tenho um grave problema, que tudo que remete a minha infância e adolescência reserva um fascínio especial dentro de mim. Sei lá, talvez coisas que eu desejava ou gostava muito na época, não sei explicar.

O fato é que uma dessas peças que desperta uma nostalgia boa no meu ser são as jaquetas jeans. E se for oversized então, é muuita nostalgia boa! Falem o que quiserem, mas eu continuo nutrindo essa apego pela boa e velha jaqueta jeans que tanto me acompanhou esses anos todos e resgata essa pegada grunge que eu tanto curto. É como reviver a época. 

Pra completar eu ainda aposto nos bottons e patches (aquelas etiquetas de aplicar nas roupas). AMOO!

boyfriend_denim-jacket 4jaquetacomousar_jaqueta_jeans10-760x544 como-usar-jaqueta-jeans-dani-noce-04  FotorCreatedEu sempre curti peças masculinas, quando eu era adolescente comprava tênis masculino direto (eu jogava basquete, era modinha na minha cidade). As camisetas eram as maiores possíveis e as calças pijamas xadrez eram iguaizinhas as dos meninos. Somente a legging e os shortinhos de cotton que ajudavam a dar uma equilibrada no visual, às vezes.

Hoje, ainda curto muito misturar roupas oversized com outras bem femininas, mais justinhas ou em comprimentos mini, pra dar essa quebrada na androginia da peça.

Jeans é difícil mesmo a gente não gostar, né? E hoje em dia tudo jeans tá na moda, daí fica fácil 🙂

#denimforever

hehe
Beijos!

Grunge: do rebelde ao fashion

Talvez esse título soe incômodo para muitos que viveram o movimento grunge, mas é isso mesmo minha gente, o grunge voltou com tudo e tomou conta dos guarda-roupas de muitas famosas por aí.

Aliás, quem viveu nos anos 90 com certeza já foi um pouco grunge. Quem nasceu no início dos anos 80 e nunca usou moletons e camisas gigantes amarradas na cintura que atire a primeira pedra!

moda-grunge-3

O estilo choca as pessoas pela rebeldia e cores escuras. As peças-chaves, além da icônica camisetas xadrez de flanela, são: camisetas e moletons podrinhos e largos, ankle boots, coturnos, all star, calças de couro, meia calça fumê e jeans (destroyed e surradinho).

Segundo a wikipedia, o Grunge é um movimento de raízes da música independente, que se tornou comercialmente bem-sucedido, como sendo uma “ramificação” de hardcore/punk, heavy metal, thrash metal, hard rock e rock alternativo no final dos anos 1980 e começo da década de 1990. Bandas das cidades do noroeste dos Estados Unidos, como Seattle, Olympia, e Portland, foram responsáveis pela “criação” do grunge e o tornaram popular para a maior parte da audiência. O gênero é muito associado à Geração X, devido ao fato de sua popularização ter ocorrido em seguida ao surgimento desta geração, a qual consiste nas pessoas nascidas nas décadas de 1960 e 1970.

Música-inédita-de-Kurt-Cobain-e-Courtney-Love
Courtney Love e Kurt Cobain são grandes ícones do Grunge.

O estilo cheio de atitude ressurgiu com uma nova proposta menos agressiva e pode ser combinado com peças ladylikes como: rendas, florais, tules, cores claras ou de tom pastel que deixam tudo mais atual.

tumblr_lui9t5aoaq1qhk7leo1_500Ou ganhar toques glamourosos associado a tecidos brilhosos e paetês. Como fez a queridîssima blogueira Joanna Moura, do UASZ.
grunge-glam-22mar

1385997_591467494248430_1555642454_n

coturno+ladylike1

A nova leitura ganhou ares um pouco mais arrumadinho do que aquela subversiva original da década de 1990, mas ainda continua com a pegada alternativa e muito inspirada estilo do rock’n’roll. Suas principais características, além de muito preto, é associar roupas oversized com outras mais ajustadas e bem despojadas, com cara de surradinho. Camisetas de bandas e jaquetas de couro também vão bem nas produções.

Olhaí:

Grunge-is-back-tile
As famosas já aderiram a moda!

6d248__moda-grunge-mujer2 pagerock2-tile5-tile

grunge_saintlaurent
Saint Laurent apostou!

As sobreposições, shorts com meias e coturnos e os moletons oversizeds são ótimos para a meia estação!

Não resisti em deixar como registro a maior banda grunge ever:

assinaturas_blog_lu

Super Size Me!

A moda oversized veio diretamente da minha adolescência, nos anos 90, para os dias atuais. Nele é tudo maximizado, e os casacos gigantes viraram hits da estação.

Os tamanhos exagerados são ótimos para enfrentar o frio do inverno. Com o boom do estilo boyish, aquele inspirado na moda masculina, as produções mais uma vez aumentaram de tamanho.

Oversized

vestoversized_196920215_north_545x

As roupas coladas sedem lugar a mangas e golas enormes, roupas soltas e casacos que parecem vir do irmão mais velho.

Blazer-Oversize-2-vert Nessa moda de maxi tamanhos vale o exagero total ou combinações de peças justas com outras maiores. Jogar um casacão oversized em cima de uma roupa ajustada pode trazer ‘interessância’ e atualidade ao look.

pagepage2page2 (2)

Que achou desse exagero da moda? Hot or not?

Beijos,

assinaturas_blog_lu