Tomboy, Boyish, Coco Chanel e a minha adolescência grunge

Lá nos anos 20, Coco Chanel lançou moda com sua irreverência e fez todo mundo desejar invadir os armários masculinos em busca de preciosidades fashion. Tudo o que ela queria era se expressar, manter seu conforto, mas sem perder a elegância. E foi assim que nasceu o estilo Tomboy e as mulheres finalmente passaram a usar pantalonas.

Tomboy, substancialmente, se refere a menina que apresenta comportamento tipicamente masculino. E hoje dá nome às roupitchas inspiradas no guarda-roupa deles, que tanto amamos. Afinal, porque ficar presas a roupas de mulherzinha, se podemos ter tudo, não é mesmo?

E não é que essa moda pegou mesmo, e agora mais do que nunca mulheres do mundo inteiro desfilam com seus sapatos oxfords, calças de alfaiataria, blazers, camisas amplas e até gravatas.

A propósito, a camisaria está em alta, e já encontrou diversas formas de uso, muito mais inusitadas do que o abotoamento certinho.

Os anos 80 e seu estilo Rockabilly, foram o BOOM do estilo Boyish, e trouxe toda aquela maravilhosa informalidade dos anos 90 que hoje está de volta.

Quando eu era adolescente, estava em alta a moda grunge, acho que por isso até hoje tenho um apego a esse estilo largadão. Lembro que eu buscava essa identificação com os meninos o tempo todo, e tentava conquistar o cara que eu tava a fim usando o tênis igual ao dele. Era minha forma de me expressar, de tentar ser aceita.

Naquela época, em meados de 1993, a gente tinha como referências as bandas tipo Nirvana e Guns, usava bandanas, camisas xadrez, calças pijama, jeans destroyed, tênis e moletons gigantes, igualzinho aos meninos. Por isso, pra mim a moda do grunge é a maior referência quando se fala em Boyish, que significa justamente isso: estilo inspirado no guarda-roupa masculino com uma pegada street, mas, diferente do Tomboy, é composto por peças mais modernas e despojadas.

E o melhor da moda é o quanto ela vai e vem, sempre igual, sempre diferente. O quanto ela se transforma, se resgata, se inspira nela mesma. E aquelas mesmas peças desejo de antigamente, voltam a povoar o imaginário atual.

Outro dia passei por uma menina na rua, e tive certeza que era eu na adolescência: calça preta, moletom oversized, cabelo preso baixo, tênis e mochila. E isso é sensacional! Os adolescentes estão voltando a se expressar com a rebeldia e atitude de antigamente.

Eu amo esse estilo! Acho que é algo que ficou guardadinho nas minhas melhores lembranças daquele tempo. E olha que louco, minha essência e objetos desejo talvez continuem os mesmos desde a adolescência.

O outuno/ inverno é uma ótima época para abusar das sobreposições e peças mais pesadas que esse estilo exige. Hora de apostar!

E vcs, curtem o estilo mais despojado dos meninos?

LEIA TAMBÉM:

> Camisa xadrez e a volta da Era Grunge

> Maxi jaquetas jeans

> Grunge: Do rebelde ao fashion

Lu

Anúncios

Maxi jaquetas jeans

Eu tenho um grave problema, que tudo que remete a minha infância e adolescência reserva um fascínio especial dentro de mim. Sei lá, talvez coisas que eu desejava ou gostava muito na época, não sei explicar.

O fato é que uma dessas peças que desperta uma nostalgia boa no meu ser são as jaquetas jeans. E se for oversized então, é muuita nostalgia boa! Falem o que quiserem, mas eu continuo nutrindo essa apego pela boa e velha jaqueta jeans que tanto me acompanhou esses anos todos e resgata essa pegada grunge que eu tanto curto. É como reviver a época. 

Pra completar eu ainda aposto nos bottons e patches (aquelas etiquetas de aplicar nas roupas). AMOO!

boyfriend_denim-jacket 4jaquetacomousar_jaqueta_jeans10-760x544 como-usar-jaqueta-jeans-dani-noce-04  FotorCreatedEu sempre curti peças masculinas, quando eu era adolescente comprava tênis masculino direto (eu jogava basquete, era modinha na minha cidade). As camisetas eram as maiores possíveis e as calças pijamas xadrez eram iguaizinhas as dos meninos. Somente a legging e os shortinhos de cotton que ajudavam a dar uma equilibrada no visual, às vezes.

Hoje, ainda curto muito misturar roupas oversized com outras bem femininas, mais justinhas ou em comprimentos mini, pra dar essa quebrada na androginia da peça.

Jeans é difícil mesmo a gente não gostar, né? E hoje em dia tudo jeans tá na moda, daí fica fácil 🙂

#denimforever

hehe
Beijos!

Jaqueta jeans para despojar o look

jaqueta jeans com spikes 6

Oi meninas!

Aqui no sul, o outono chegou chegando, e a temperatura caiu significativa de ontem para hoje. A ponto de eu ter q tirar meus casaquinhos e blusas de manga comprida do armário.

Isso me lembra que uma grande aliada das temperaturas amenas voltou com tudo nesse ano. O denin está super na moda, e a jaqueta jeans, a nossa velha amiga dos anos 90, volta a brilhar à luz do sol, pelas ruas das cidades mais badaladas (que tal essa? 🙂

Bom, eu adoro denin, e adoro tb essa pegada grunge que a jaqueta jeans tem e a forma como ela dá uma depojada no look, como por milagre. Tem coisa mais básica que o bom e velho jeans?

A minha jaqueta é da Colcci e foi bem cara, mas eu sempre digo que já está mais do que paga de tanto que usei. Por isso, quando ela voltou as ruas em combinações super atuais, fiquei muito feliz! Tenho a minha há aaanos e não desapego.

FotorCreated

Por isso que eu acho legal misturar o jeans com roupas mais clássicas e chiquezinhas. Sabe aquele vestido liiindo que a gente nunca consegue usar, pq parece que nunca é a ocasião certa? Misturado com uma jaqueta jeans, ele vai ao trabalho e ao barzinho tranquilamente. Experimenta!

FotorCreated1FotorCreated3FotorCreated4

Combinada com saias longas, curtas, vestidos fluidos, calças jeans, sociais, sequinhas ou coloridas, o fato é q a jaqueta jeans sai do armário para ser um grande coringa nas estações mais frias.

A minha já vai pras ruas!! 🙂

denin

Beijos e bom findi!

Lu

 

Meu look: Looks de verão

Oi pessoal, o calor por aqui esteve grande nos últimos dias e já andei experimentado alguns looks bem fresquinhos nesse início de ano.

Vim aqui compartilhar com vcs algumas tendências que usei nesses dias e estou amando. É tão difícil a gente ousar as vezes, ficamos presos a padrões e modelos que as pessoas esperam de nós, e sair de chapéu pra mim já tinha virado um tabu a ser desconstruído.

Quero dias mais leves e coloridos pra mim, dias mais criativos e únicos, por isso, escolhi looks difereciados como esses. Os dois primeiros usei em fins de semanas e feriados.

Como já contei aqui no blog, estou louca por macaquinhos, é amor que não tem fim, e esse é mais um da minha mini coleção.

collage

A bandana é simplesmente um lenço de tecido leve que amarrei no cabelo. Ficou bom, não acham?

Os looks 3 e 4 foram usado pra trabalhar. Leves, frescos, comportados na medida. O vestidinho cavado de pássaros ganhou uma blusinha cropped de renda por cima pra ficar mais discreto. No outro look, o colete foi inserido também para deixar tudo mais tapadinho, e claro, já dá o toque fashion na coisa toda. Sendo jeans, deu um ar mais contemporâneo e próprio pro dia a dia.

collage

collage1

Os bottons são meus xodós e aplico em todas as minhas jaquetas, coletes e afins. Esses (que não parecem direito na foto) são do Jack, do filme O Estranho Mundo de Jack, do Tim Burton, e do Doors, uma das minhas bandas favoritas.

Desculpa a péssima qualidade de algumas fotos, esse meu celular Sony Xperia Z Ultra é tudo de bom, mas tem uma câmera péssima, tem que ter muita luz pra ficar boa. 😦

E é isso meninas, bom dia!

Beijos,
Lu

Planeta dos macaquinhos

Nos dias de calor o que a gente mais quer é vestir algo leve e confortável, um vestidinho e mais nada. E aí que surge uma nova alternativa para o verão. O macaquinho, que promete ser a grande aposta da estação.

mont2 Minimalista, prático e cheio de charme, o macaquinho entra como peça-chave para o verão, e investe nos tecidos mais leves. Graças a eles poderemos passar o verão com elegância e dignidade nos dias quentes.

Por serem peças únicas, são super versáteis, perfeitos para aqueles momentos em que a gente não sabe o que vestir.mont1O mais legal é que eles vão bem em quase todas as ocasiões. Para os eventos casuais, como um almoço ou um passeio no fim de semana, para a praia e até um jantarzinho.

A dica é usar cores vibrantes e estampas alegres, florais e étnicas para ficar bem atual. Os jeans também são super descolados e lembram as jardineiras que usávamos nos anos 90.

mont3 Combinados com rasteirinhas, botinhas, gladiadoras e sandálias pesadas com plataforma dão o contraponto e deixam o visual mais moderno.mont4Essas são as minhas apostas. Estou totalmente IN LOVE com os macaquinhos. Talvez seja saudade da infância.

E vocês, gostam dessa moda?

lu