A vida fake do instagram e outras mídias

8v4lgokxbwhhkdnlusds9rw6f

Já faz um tempo que tenho pesquisado bastante sobre uso do instagram e como tornar o feed mais atrativo, pois estou querendo lançar o instagram do Stalker.

Ouvir as dicas e descobrir o que tem por trás das fotos me gerou uma certa frustração, já que comecei a perceber que as fotos postadas por blogueiras, instagramers, youtubers e afins são totalmente produzidas, raramente mostram momento reais e até as roupas que as pessoas usam são fake.

Gosto de seguir a blogueira Flavia Desgranges, do blog Fashion Coolture porque me identifico com as dicas de mix de estampas e alguns looks dela. Já tinha percebido que as roupas que ela usava nas fotos eram complicadas de trazer pro dia a dia. Muito salto fino, shorts, vestidos brilhosos, e também muitos contrastes como casacos de lã com saia curta, sem meias. Mas como cada pessoa tem a sua rotina, acredito que é possível existir que realmente conseguem usar essas peças durante o dia.

A minha dúvida perdurou até poucos dias atrás, quando ela fez uma mega limpa no armário e publicou tudo no Enjoei. Muitas peças lindíssimas, que ela tinha falado super bem, prometido que usaria muito, estavam lá: “usada somente para fotografar”. Ainda por cima, não acho uma atitude legal vender roupas ganhadas. Decepção total!

Além dela, muita gente que tem aqueles feeds padronizados no instagram, em que todas as fotos têm o mesmo filtro ou ajuste, também fica guardando fotos antigas de shootings, se monta somente para a foto, depois se desmonta. O que não é legal. Não faz sentido!

Insta significa instantâneo, gram é um sufixo grego que significa “escrito” ou “gravado”. Isto é, o instagram serve para guardar instantes. Precisa ser espontâneo para fazer sentido. Ok, pode até ser programado, mas porque não ser verdadeiro? Fotografar o look do dia de verdade, a mesa de trabalho, o copo de suco. Toda essa criação fake que estamos vivendo me lembra muito o primeiro episódio da terceira temporada do Black Mirror,  Nosedive (Queda livre), em que as pessoas faziam exatamente isso, montavam momentos e pessoas fictícias para ganhar likes. É muito assustador. É muito Black Mirror!

Eu ainda quero ter um instagram do Stalker de Moda, e quero que ele seja bonito. Mas principalmente, que ele seja real. Que transmita mensagens verdadeiras, dicas que sei que são usáveis porque eu realmente uso, que mostre quem eu sou de verdade, as minhas inspirações, fórmulas, locais por onde passo, vida real.

O real pode ser tão bonito quanto o inventado. Outro dia ouvi a youtuber Luciana Levy falando que é preciso ver beleza nas coisas, que um singelo banquinho do quintal do prédio pode ter sua beleza se bem explorado.

Eu amo os looks que uso no meu dia a dia, alguns mais, outros menos. Só faz sentido pra mim mostrar algo se eu realmente to usando, se aquela roupa está fazendo sentido pra mim. Chega de fake news, quero me inspirar em gente de verdade!

 

Anúncios

5 comentários em “A vida fake do instagram e outras mídias”

  1. Lucia,
    Adorei! É exatamente isso, já estamos vivendo como no Black Mirror…chocada!!! E super apoio a criação do insta e a postagem de momentos reais. Também quero me identificar com pessoas reais, dicas verdadeiras, looks do dia que não são sempre publi, e quando for publi que seja porque a pessoa realmente confia, gosta e acha interessante.
    Eu sempre procuro postar coisas que dão certo, que são acessíveis e que eu sei que são boas de verdade. Não recebo nada em dinheiro pelas dicas que dou, mas se recebesse com a mais absoluta certeza selecionaria o que tem a ver comigo e o que faz sentido.
    Parabéns!!! E estamos juntas nessa!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amei Lu, confesso que só li agora o texto. Se desconfio que é fake eu já deixo de seguir, não quero um feed falso, não quero dar audiência pra quem não é de verdade. E como a Luana escreveu no comentário anterior, estamos juntas nessa!

    Curtido por 1 pessoa

Quem gostou, comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s